domingo, 6 de janeiro de 2019

cheers, a um novo começo

Heyo, beautiful and special people!
Um novo ano começou e as always aqui estou eu a escrever mais blog posts, para vos entreter e manter a minha sanidade mental. Para ser sincero, não sei se isso é bem verdade e by that, I mean que já não me sinto tão feliz e excited ao escrever algo para partilhar convosco. Todo aquele encanto que havia ao escrever blogs posts foi desaparecendo. Depois o nome do blog mudou de "Inside a Glass" para "What Pedro Said". Uma mudança que me pareceu necessária naquele momento. Foi aí que percebi o que queria realmente fazer. As borboletinhas de alegria voltaram aparecer, mas raramente ficavam muito tempo. Mesmo quando os resultados eram bons, a vontade de voltar a criar desaparecia. E demorava a voltar. Entre a faculdade, amigos de cá e de lá e eu, o tempo voava e o blog ia ficando em segundo plano. A mudança de nome e de layot tinham deixado de fazer sentido.

Foi aí que percebi que precisava de uma pausa séria. Uma pausa grande... prolongada, para entender o que tinha e queria fazer. Quando voltei tinha em mente muitas coisas que ficaram só no papel. Entrevistas, photoshoots, dar a conhecer histórias e mostrar aquilo que realmente sou. Um Pedro que ama os seus amigos, música, beleza e moda. Um Pedro que tanto é mais feminino como consegue ser másculo. Mostrar os dois lados. Mostrar que se pode ser tudo. 

Assim nasceu o novo "eu" deste projeto. Com filtros, mas que mostram a minha vida e o brilhos nos meus olhos. Muito mais sozinho, mas sempre com as marcas daqueles que me inspiram. Sem tanta beleza, mas sem descurar daquilo que vocês mais gostam de ler. O "What Pedro Said" começou a tornar-se naquilo que sempre quis. Um espaço mais criativo, uma Vogue simples e próximo do humano. Passou a ser um sítio onde o leitor pode descansar e aprender a tratar de si, passou a ser também uma forma de eu partilhar as minhas experiências e aventuras. Tornou-se num espaço que empodera os que homens e mulheres que querem usar maquilhagem, sentir-se femininos, que me permitiu começar conversas sobre temas como masculinidade, feminismo, lgbtq+, poc, apoiar fellow creators e trazer uma vibe positiva à vida de quem lê o conteúdo. 

Tudo parecia normal e eu estava feliz a criar aquilo que queria, da forma que queria. Mas, mais uma vez as coisas voltaram a descambar. A inspiração estava longe e com isso a vontade também. Comecei a comparar-me a outros fellow creators e a pensar que afinal aquilo que, partilhava e, partilho não é bom o suficiente. Que eu não sou bom o suficiente... Mais uns dias sem vir ao blog. Os dias tornaram-se em semanas e semanas em meses. Mesmo com tudo planeado nada parecia resultar. Obriguei-me a escrever e partilhar, porque eu precisava disso, mesmo não querendo. Era como se precisasse de escrever para me sentir bem comigo prórpio, apesar de me sentir mal a seguir porque não estava a fazer como queria. Tudo passou. Talvez este tenha sido o pior ano que o blog já viu, mas mesmo assim... mais de 15 mil pessoas passaram por aqui. Isso deixa-me feliz. Suficientemente feliz para continuar esta jornada. 

Por isso, Cheers a um novo começo. Uma nova página que será escrita com vontade e quando tiver que ser escrita. Nada de correrias e querer agradar alguém que não seja eu. E pronto. Acaba assim o primeiro post do ano, que deve ter sido a coisa mais cona de sempre... mas era precisa. Porque se não o escrevesse não iria conseguir continuar.
Sooooo bitches, I'm back by popular demand e mais preparado que nunca to make some coins. Tenham um bom ano e do it pobre, mas do it good!

see you next sunday and have a good week
with love, me

Share:

2 comentários

  1. Nem sempre há inspiração e vontade para partilhar os nossos pensamentos com o mundo através do blog mas devo dizer que acabei de conhecer o teu blog e ADOREI!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada Catarina Comentários assim deixam-me imensamente feliz. O teu blog também é tão bom!!!! Keep up with that type of work, we need it <3

      Eliminar

© 2018 What Pedro Said | All rights reserved. Blog Design Handcrafted by pipdig